Júlio Santos

Versão completa: BAIRRO ALTO E O PIPP
Está de momento a ver uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
O tema escolhido pela COMETLIS para este mês é sobre Bairro Alto. Um bairro típico de Lisboa que tem vindo a merecer especial atenção das Autoridades, mas os objectivos só podem ser atingidos com a colaboração de todos são estes os conselhos do Sub-chefe Pedro Machado Supervisor da 3ª. Esquadra – Bairro Alto


BAIRRO ALTO E O PIPP
O Programa Integrado de Policiamento de Proximidade (PIPP), da área da PSP do Bairro Alto, encontra-se a desenvolver, numa das suas vertentes, acções de prevenção e vigilância junto dos comerciantes, uma vez que esta zona é porventura uma das mais emblemáticas zonas comerciais de Lisboa.
Este Programa visa uma ampliação da actuação policial em articulação e colaboração directa com a comunidade, no âmbito da resolução da pequena e média criminalidade, na prevenção de crimes e incivilidades, causadores de desconforto e do sentimento de menor segurança da população.
O PIPP do Bairro Alto para além da divulgação do próprio projecto, ao contactar os proprietários e/ou gerentes comerciais, e fazendo referência a este relativo aos variados tipos de procedimentos/cuidados a ter, no que concerne à segurança dos seus estabelecimentos comerciais, tomando em consideração as definições básicas do programa.
O Programa “Comércio Seguro” é uma iniciativa do Ministério da Administração Interna e desenrola-se na mesma linha do Programa “Escola Segura”, já conhecido de todos, e numa primeira fase, o PIPP do Bairro Alto, efectua acções de sensibilização junto dos comerciantes para os correctos comportamentos a ter para que os estabelecimentos não sejam alvo de ilícitos criminais. É de referir que, estamos a falar de furtos no interior de estabelecimento, arrombamentos e/ou assaltos.
Mais de metade dos furtos são efectuados no período nocturno por meio de arrombamento de portas e janelas e/ou utilizando chaves falsas.
Neste âmbito vamos relembrar algumas medidas que consideramos como sendo as mais indispensáveis e que podem ser tomadas para diminuir os riscos.


Medidas que o PIPP do Bairro Alto aconselha:
• Colocando fechaduras e grades nas montras e portas;
• Com portas e janelas sólidas. Um fecho extra nunca é demais;
• Não deixando as chaves do estabelecimento em qualquer lado;
• Colocando diversos sistemas de alarme, os quais podem ser compensados com a utilização de meios de vídeo e/ ou vigilantes;
• Retirando sistematicamente da caixa as maiores quantias de dinheiro, guardando-as num local mais seguro como um cofre ou até no banco;
• Instalando um sistema eficaz de alarme de intrusão;
• Instalando sistema de vídeo, com câmaras visíveis devidamente assinaladas para gravação de imagem;
• Evitar exibir produtos ou artigos de grande valor nas vitrinas exteriores;
• Efectuar a abertura e o fecho o seu estabelecimento, acompanhado;
• Tenha boa iluminação, espaço e visibilidade;
• Pretender eliminar completamente os roubos é utopia, mas pode fazer, certamente, mais alguma coisa para que a sua loja não seja a próxima vítima…

Em articulação com a Associação de Comerciantes do Bairro Alto, o PIPP desenvolveu um projecto que passa por um Bairro mais seguro através de um reforço Policial remunerado em dias de maior afluência nocturna.
Todas as lojas e, por conseguinte, também a sua, constituem alvos permanentes para o ladrão e todo aquele que for imprudente está a expor-se a uma acção indesejada.

Se for vítima o PIPP do Bairro Alto aconselha:
• Não mexa em nada, pedindo a colaboração de testemunhas!
• Participe a ocorrência imediatamente na Esquadra da PSP do Bairro Alto;
• Será melhor encerrar provisoriamente o seu estabelecimento comercial, até as Autoridades Policiais terminarem o seu trabalho;
• Se o recheio se encontra segurado, comunique também à sua companhia de seguros.
A PREVENÇÃO DOS ILICITOS CRIMINAIS IMCUMBE ÀS POLICIAS, MAS É TAMBEM RESPONSABILIDADE SUA….
Pedro Machado