Júlio Santos
PSP - a Dignidade, ou se tem, ou se conquista - Versão de Impressão

+- Júlio Santos (http://www.juliosantos.net/forum)
+-- Fórum: Artigos de Opinião (http://www.juliosantos.net/forum/forumdisplay.php?fid=10)
+--- Fórum: Autoria Júlio Santos (http://www.juliosantos.net/forum/forumdisplay.php?fid=20)
+--- Tópico: PSP - a Dignidade, ou se tem, ou se conquista (/showthread.php?tid=140)



PSP - a Dignidade, ou se tem, ou se conquista - Júlio Santos - 10-06-2009

A Dignidade é uma das muitas qualidades que são exigíveis aos elementos das Autoridades, fardados, ou não.

A Dignidade, segundo o Dicionário, é uma qualidade moral que imprime respeito por si e pelos outros.

Sou um Cidadão que está ao lado das Policias quando os elementos que fazem parte destas Instituições exigem um estatuto profissional exclusivo face à especificidade das suas funções.

Esta é uma questão que só oferece dúvidas aos Senhores Governantes do nosso País porque não conseguem distinguir as funções profissionais de um Funcionário Público (com todo o respeito que estes me merecem) das de um Polícia.

Este processo deve ser debatido até à exaustão e os Policias devem e têm de lutar como lhes for possível, mas com a Dignidade do seu estatuto, pela obtenção dessa exclusividade.

Agora deitarem partes da sua farda ao chão??

Isso é indigno deles como pessoas, como Agentes da Autoridade, como exemplos que deveriam de ser; até para os mais novos.

O autor da ideia de colocar os Governantes a “apanhar bonés” como, segundo o representante do Sindicato que ouvi – coisa que os Policias estarão a fazer há muito tempo - foi infeliz!

Parece uma linguagem do PREC (para quem não sabe, é uma sigla que se reporta ao verão de 1975 e quer dizer Período Revolucionário em Curso, altura em que as forças de esquerda com toda a sua pujança tentavam tomar conta do País e por isso estivemos à beira de uma guerra civil), mas voltemos à Dignidade.

Considero tão indigna e porque não, repugnante, do ponto de vista social, esta ideia dos bonés no chão, como outras que por aí se perfilam para encetar esta luta.

Será que na nossa PSP não existem pessoas capazes de, dentro da Lei e da Civilidade, engendrarem um plano de luta que DIGNIFIQUE os seus profissionais?

Meus caros, termino afirmando que o vosso acto de mandar bonés da farda para o chão é tão ou mais indigno que a forma como este Governo vos trata, aliás, tenho dúvidas senão será pior em virtude de que esta foi uma opção vossa. Considerando o número de Polícias existentes no País, Graças a Deus foram poucos a participar nesta; não lhe chamaria manifestação (seria uma ofensa às manifestações dignas), chamo-lhe mais uma desacreditação da PSP por parte de alguns dos seus Agentes.

Se eu fosse Polícia, castigava estes colegas: não lhes aceitava trocas; recusava-me a fazer serviço com eles. Porque segundo os meus principios de cidadão e indignado com o tratamento que é dado à Polícia pelos Governos, este género de Polícias, nem para eles são bons.

Em suma, na minha modesta opinião de cidadão contribuinte: os que mandaram os bonés para o chão, não são dignos de ser Policias.

Aplaudo de pé os que não participaram nesta charada, porque existem formas de luta Dignas o que não foi o caso desta ou de outras do mesmo teor que por aí venham.



RE: PSP - a Dignidade, ou se tem, ou se conquista - Paulo Fortes - 13-06-2009

Meu caro, desde á muito tempo a policia não é respeitada. Depois de anos de pequenas lavagens de face, remodelações aqui e acolá, super esquadras, novas fardas, mas a mentalidade apesar de evoluir nalgumas áreas continua a mesma, já se deu um grande passo na formação de novos policias é verdade... mas a policia continua a ñ trabalhar em equipa, como constato aqui por este artigo, na verdade o que conta é a lei da selva que reina no nosso país. Todas as pessoas preocupam-se com os seus próprios interesses e a policia é instrumentalizada em prol desses interesses. Como muitos portugueses duvido muitas vezes da justiça e por isso olhamos para os que dão mais a cara com desconfiança e é aqui que entram os policias, são os que dão a cara, pelas leis inapropriadas, pelas injustiças, quando politicos, deputados etc, que não cumprem as leis passam impunes. Mas meus amigos a policia nunca irá dignificar as suas fardas enquanto estiverem a mandar sempre os mesmos no governo do país, bem sabemos que lutar contra esta mafia é muito dificil e os policias, como nós, luta. Mas as armas que temos para lutar nos são retiradas dia após dia e depois acontecem manifestações deste tipo. Quando uma maça está podre, as que estão em redor apanham a doença. É verdade os nossos policias merecem mais direitos e não só, obrigações e responsabilidades (acho até que deviam ganhar mais), são eles que nos garantem a liberdade, espero que continuem a lutar, mas sempre com dignidade. Abraço ao meu amigo Júlio