Júlio Santos
Velocidades de Insegurança - Versão de Impressão

+- Júlio Santos (http://www.juliosantos.net/forum)
+-- Fórum: Artigos de Opinião (http://www.juliosantos.net/forum/forumdisplay.php?fid=10)
+--- Fórum: Autoria Júlio Santos (http://www.juliosantos.net/forum/forumdisplay.php?fid=20)
+--- Tópico: Velocidades de Insegurança (/showthread.php?tid=150)



Velocidades de Insegurança - Júlio Santos - 30-11-2009

Todos assistimos às imagens do "estado" em que ficaram duas viaturas do Estado, após um aparatoso acidente na Avenida da Liberdade.

Esse acidente, ao que sei, ficou a dever-se ao excesso de velocidade da viatura que conduzia o Responsável pela Segurança Interna para a Cerimónia da tomada de posse dos Governadores Civis.

Pois sorte, ou não, têm aqueles que podem interromper a pressa dos demais com as suas rotativas, strobs e sirenes, apenas porque SIM!

Nós não temos em Portugal índices de ameaça aos nossos governantes e afins que justifiquem as velocidades e aparatos policiais com que eles se apresentam nas nossas estradas. Quem disser o contrário mente!

O facto, é que ao abrigo de potenciais ameaças perfeitamente inventadas esses senhores utilizam um pequeno poder que detêm: fazer parar o trânsito para os deixar passar. Algumas dessas personagens estou em crer que o fazem por vaidade, tipo…não veêm que eu vou aqui?

Sim, porque senão for atrás daquele aparato e velocidade ninguém dá por eles. Muitos nem seriam conhecidos de outra forma.

Se tiverem dúvidas façam um teste do género: mostrem uma foto do Sr. Dr. Juiz Mário Mendes à maioria da população, acreditem que a resposta seria muito perto disto:
- as mulheres vão confundi-lo com um galã de uma novela;
- os homens depois de lhes garantirem que ele é famoso, dirão que é um qualquer treinador de futebol estrangeiro, mas que não se lembram do clube.

Em suma, sugiro aos responsáveis pela Segurança no nosso País, a começar no PR, que iniciem uma análise da relação risco ameaça/velocidade e aparato com que se deslocam nas viaturas oficiais. Concluído o estudo que adequassem a velocidade às reais vulnerabilidades encontradas.

Estou em crer que baixavam em mais de 40km/h a média de circulação. Tenho a certeza é que tinham de começar a levantar-se mais cedo e a deitar-se mais tarde…como a maioria dos cidadãos, não é difícil, vão ver.



RE: Velocidades de Insegurança - JOÃO FIRMINO - 01-12-2009

Felizmente que tudo ficou em família. Se a viatura abalroada fosse de um infeliz pagador de impostos, a esta hora (se estivesse vivo), estaria a pernas com a justiça, pois não teria respeitado o "código da estrada daqueles que são mais iguais que os outros". Infelizmente quem anda por Lisboa vê muitas vezes strobes azuis e sirenes à má fila, sem que nada justifique. Além disso, esses irresponsáveis esquecem-se que, mesmo indo em serviço de emergência, o bom senso manda avançar SÓ QUANDO O CAMINHO ESTÀ LIVRE. Esquecem-se de que não estão em terreno de guerra onde tudo vale.

Um abraço

João Firmino


RE: Velocidades de Insegurança - Miguel Silva - 02-12-2009

Boa tarde Amigos,

Relativamente ao assunto em questão, não poderia deixar de comentar, pois é algo que também me "irrita". Como é do conhecimento geral, não só os nossos governantes e outros cargos de estado utilizam "ABUSIVAMENTE" os sinais luminosos e sonoros, quando está trânsito. Para confirmar o facto basta circular na ponte 25 de Abril de manhã, ou na IC19, ou na A5.... e aí rapidamente nos vamos deparar com:

1. Viaturas da Policia descaracterizadas a tocar os famosos alarmes e de rotativos ligados - quantos desses senhores estão em missão de emergência? ....certamente que poucos;
2. Âmbulâncias de Bombeiros e empresas privadas a tocar tambem sirenes e de rotativos ligados - quantas vão em emergência?...certamente que algumas, embora neste caso temos que dar o benificio da duvida, devido à sua especificidade;

Certamente que nestes dois casos existem vários que o seu problema é apressarem-se para chegar a horas ao trabalho ou no segundo caso ao tratamento.

Contudo exite quanto a mim um caso que todos juntos deveriamos dizer...BASTA!!!!!

3. Veiculo da guarda prisional a transportar um detido (normal) ao tribunal:

Quanto a esta situação pergunto, quantas vezes já se cruzaram com casos destes???? eu sei.... é diariamente e isto porque não sabem sair das prisões atempadamente para estarem presentes em tribunal à hora.

Apenas pergunto PORQUÊ?????
Porquê um recluso tem, perioridade sobre a minha pessoa?
Porquê um recluso não pode estar no trânsito?

Acima de tudo deviamos respeitar e ser respeitados.

Abraço