Este fórum usa cookies
Este fórum utiliza cookies para armazenar as suas informações de login se estiver registado, e a sua última visita ou não. Os Cookies são pequenos documentos de texto armazenados no seu computador. Os cookies criados por este fórum só podem ser usados neste site e não representam nenhum risco de segurança. Os cookies deste fórum também acompanham os tópicos que você leu, e a última vez que os leu. Por favor confirme se quer aceitar ou rejeitar estes cookies por definição.

Um cookie será armazenado no seu navegador, independentemente da sua escolha, para prevenir que esta pergunta apareça novamente. Você será capaz de alterar as suas definições de cookies a qualquer momento usando o link no rodapé.

Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Acidentes de Trabalho - Doenças Profissionais
#1
Para visualizar este artigo na integra e na sua versão original, visite: http://www.juliosantos.net

Nos apontamentos que tenho vindo a partilhar convosco tenho-me centrado especialmente nos acidentes de trabalho. Neste apontamento gostaria de iniciar uma reflexão sobre as doenças profissionais fazendo alguns paralelismos com os acidentes de trabalho.

INTRODUÇÃO
Quer os acidentes de trabalho, quer as doenças profissionais podem ser posicionados num mesmo nível de problemática, ora vejamos alguns exemplos:

Poderão ser vistos como fontes de stress
Desencadeiam uma série de acontecimentos e mudanças
As estatísticas de doença profissional e acidentes de trabalho são preocupantes

Em apontamentos anteriores já vimos as estatísticas dos acidentes de trabalho. Hoje deixo-vos alguns dados sobre as doenças profissionais (no próximo apontamento apresentar-vos-ei estatísticas detalhadas sobre as doenças profissionais).

Em 1998 e 1999 estimou-se…
• 350 milhões de dias de trabalho perdidos por problemas de saúde relacionados com o trabalho
• 7,7 milhões de pessoas por ano sofreram de problemas de saúde, sem contar com os acidentes, relacionados com o trabalho
• No que respeita aos problemas de saúde relacionados com o emprego principal, o índice de prevalência dos problemas de saúde relacionados com o trabalho é de 5 372 casos por ano por cada 100 000 trabalhadores

São ou não são estes valores também preocupantes?
UM OLHAR GLOBAL SOBRE A ENVOLVÊNCIA DOS ACIDENTES DE TRABALHO E DAS DOENÇAS PROFISSIONAIS

As consequências sociais, bem como os envolvidos nos acidentes de trabalho e doenças profissionais são difíceis de isolar e de medir.
O sinistrado é um dos envolvidos, mas estes tipos de acontecimentos afectam e envolvem muitas outras pessoas e entidades. Ora vejamos o esquema proposto por Dembe (2001) no qual procura representar de forma sistémica todos os possíveis envolvidos.
Este esquema permite-nos visualizar a forma como a vítima de acidente de trabalho ou de doença profissional está embebido numa rede complexa de relações recíprocas de indivíduos, grupos e organizações. Desde seguradoras, passando pelo sistema de saúde e pelo sistema familiar e social.


Figura 1 – Contexto social dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais
(Fonte: Dembe, 2001)

Proponho-vos que olhem para este esquema e reflictam sobre a complexidade associada a estes acontecimentos que provêm do contexto laboral - Contexto este que deveria ser fonte de segurança e estabilidade a diferentes níveis.

Na vossa opinião as doenças profissionais e os acidentes de trabalho são ou não duas faces da mesma moeda?


BIBLIOGRAFIA
Dembe, A. (2001). The social consequences of occupational injuries and illnesses. American Journal of Industrial Medicine, 40, 403-417.

Sónia Gonçalves
Sou, com cordiais cumprimentos
Júlio Santos
Responder


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)