Este fórum usa cookies
Este fórum utiliza cookies para armazenar as suas informações de login se estiver registado, e a sua última visita ou não. Os Cookies são pequenos documentos de texto armazenados no seu computador. Os cookies criados por este fórum só podem ser usados neste site e não representam nenhum risco de segurança. Os cookies deste fórum também acompanham os tópicos que você leu, e a última vez que os leu. Por favor confirme se quer aceitar ou rejeitar estes cookies por definição.

Um cookie será armazenado no seu navegador, independentemente da sua escolha, para prevenir que esta pergunta apareça novamente. Você será capaz de alterar as suas definições de cookies a qualquer momento usando o link no rodapé.

Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Eu não quis acreditar!
#1
Meus caros, perante a onda de criminalidade violenta com recurso a armas de fogo, hoje li no DN online o seguinte:
Castro Daire. Ex-emigrante na Suíça encontrado na posse de armamento e munições, que se admite ter trazido para Portugal para vender no mercado negro, foi detido, mas o juiz aplicou-lhe a medida de coacção mais livre: termo de identidade e residência.

Não entendo! Alguém me explica?

As últimas discussões têm sido à volta de um conjunto de teorias:
- Se os Códigos Processo Penal e Penal estão adequados à criminalidade actual?
- Se os “media” têm exagerado na divulgação da criminalidade por falta de fogos (que era suposto terem ocorrido no verão mais quente dos últimos 25 anos!?!?)?
- Se os Policias são suficientes, bem equipados e motivados?
- Quais as repercussões deste sentimento de insegurança nas próximas eleições?

Todos os analistas (os que percebem e falam sobre tudo), não se “calam” fazem análises atrás de análises, conjecturas atrás de conjecturas, mas o facto é que só muito ao de leve, mas mesmo muito ao de leve, se lê ou ouve que os culpados da onda de criminalidade poderão ser os Juízes. Porque será?

A notícia de hoje a somar à da semana passada em que também foram colocados com termo de identidade e residência dois estrangeiros que tinham assaltado – à mão armada – uma bomba de gasolina; começa a deixar-me céptico.

Não em relação aos Códigos, não em relação aos “media”, não em relação aos Policias, nem as repercussões do sentimento de insegurança nas eleições.

Começo é a ter dúvidas se os nossos Juízes, não a Justiça, só os Juízes, não serão os principais responsáveis por este estado de coisas quando falamos de insegurança.

Possivelmente serei detido em breve ou processado por apontar o meu pequenino dedo a tão “digna” classe que tem Sindicato e tudo! Mas pronto, contra factos não há argumentos e os assaltantes com armas de fogo e um traficante das mesmas, não ficaram em prisão preventiva, mesmo que houvesse; no primeiro caso, o perigo da continuidade da prática de crimes, (o que veio a acontecer) e no segundo a probabilidade de fuga na medida em que o individuo em causa é ex-emigrante na Suíça.
Sou, com cordiais cumprimentos
Júlio Santos
Responder


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)